Home / Açucar Exportação / 8 usinas que aumentaram sua eficiência energética sem grandes investimentos

8 usinas que aumentaram sua eficiência energética sem grandes investimentos

O quê 8 usinas fizeram para aumentaram sua eficiência energética sem investimentos hiperbólicos

O caminho para a competitividade e rentabilidade das usinas de cana passa pela aumento da eficiência energética. Com ela é possível obter máxima produção de açúcar, etanol e exportação de energia. Esse é um desafio que pode ser superado com segurança quando o benchmarking revela que outras unidades estão obtendo bons resultados. E para mostrar evidências disso, elencamos a seguir 8 usinas que aumentaram sua eficiência energética, sem investimentos hiperbólicos. Elas quebraram paradigmas e estão obtendo resultados significativos nas últimas safras. São elas:

1 – Alta Mogiana

Há muito tempo referência em eficiência industrial e segurança do trabalho, a Usina Alta Mogiana vem investindo fortemente em tecnologias de controle e automação industrial. A unidade produtora integrou sua gestão e operação em laços fechados, utilizando as malhas existentes, e em laços abertos, rodando o PDCA Online.

2 – BP Bunge Bioenergia

A BP Bunge Bioenergia possui 11 unidades de biocombustíveis em cinco estados brasileiros, com mais de 10.000 funcionários. Com capacidade anual de moagem de 32 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, é capaz de produzir mais de 1,5 bilhão de litros de etanol, 1,1 milhão de toneladas de açúcar e exportar 1.200 GWh de energia para a rede elétrica brasileira.

3 – Cerradinho Bio

A Cerradinho Bio, localizada em Chapadão do Céu (GO) está entre as principais usinas de alta eficiência energética. Na safra 2019/20, a unidade produtora processou 5,3 milhões de toneladas de cana, produzindo 440 milhões de litros de etanol hidratado e exportando 475 GWh de energia elétrica, de acordo com seu gerente industrial, Walter Di Mastrogirolamo

4 – Cevasa

Em setembro desse ano a Cevasa atingiu 2 milhões de toneladas de cana processadas. Além disso, consolidou outros recordes comparando com os meses de setembro de anos anteriores, como Melhor Aproveitamento de Tempo Agroindustrial com 98,94%, melhor Extração com 97,52%, maior Produção de Açúcar VHP com 33.612,54 toneladas produzidas, maior TAH com 12,65 toneladas de açúcar. Para o gerente industrial da Cevasa, Alberto Antônio da Silva, os resultados alcançados são frutos do trabalho de toda uma equipe, que tem como objetivo buscar a superação, através do planejamento, muito treinamento e dedicação.

5 – Goiasa

A usina Goiasa, localizada no município de Goiatuba (GO), aumentou há duas safras a exportação de eletricidade em 4,95 quilowatts (kW) por tonelada de cana. Esse aumento de geração foi possível com o emprego de vapor economizado por conta da aplicação do S-PAA. Levando em conta uma moagem média de 557,94 toneladas de cana por hectare (TCH) no período, a Goiasa ganhou 2,76 megawatts (MW) na exportação. E os números vem aumentando.

6 – Glencane

A Glencane, obteve nessa safra eficiência energética significativa. Foram 117 Kw/tc de energia gerada e 86,5 kw/ tc de energia exportada. “Apenas com a cana moída, sem compra de nenhuma biomassa. Esse ano vamos exportar 330.000 Mw. Recorde histórico da unidade Rio Vermelho”, informa Hamilton Angêlo Antonio, gerente corporativo industrial.

7 – SJC Bioenergia

O início da safra 2020/2021 está sendo considerado o melhor de toda a história da SJC Bioenergia. A “Safra da Transformação”, como foi titulada, já bateu 17 recordes (de 1º de abril até o dia 22 de junho) que incluem processamento de cana, produção de energia elétrica e disponibilidade industrial.

8 – Santa Lúcia

Com a projeção de ter a maior safra de sua história, com a moagem de 1,6 milhão de TC, a Usina Santa Lúcia, de Araras (SP), investiu na ampliação da cogeração e em melhorias de sua planta industrial. Na UTE foi implantado um turbo gerador com potência de 10MW (condensação) e um condensador evaporativo de 50 tvp/h. Na planta foram trocadas 4 caixas de evaporação de 500 m2 por 3 caixas de 1000 m2, passando para 6 efeitos; as esteiras de alimentação de bagaço foram alargadas; e o secador de 14.000 sacas/dia foi substituído por um de 25.000 sacas/dia.

Como fazer um benchmarking e saber na prática como elas obtêm esses resultados?

A ProCana reuniu um time de alto nível de gestores e engenheiros industriais para participarem da 1ª Maratona SINATUB – Caldeiras, Vapor e Energia, que acontece de 19 a 21 de outubro. Serão 3 webinares realizados sempre às 19h em um ambiente virtual criado exclusivamente.

Confira a grade do evento:

19/10 – Otimização da Cogeração e Eficiência Energética
– Alberto Antônio da Silva, Gerente Industrial da Cevasa
– Douglas Mariani, consultor da Soteica
– Hamilton de Angelo Antônio, gerente industrial da Glencane PPT
– Marcus Lages, gerente corporativo industrial da SJC Bioenergia

20/10 – Otimização em Utilidades & Balanço Energético

– Anderson Machado, engenheiro de Processos da Usina Alta Mogiana
– Bruno Moraes de Oliveira, engenheiro químico e consultor da Soteica
– Rafael Ometto Do Amaral, engenheiro de produção industrial da Usina Santa Lúcia
– Ranor Cardoso Lemos, especialista em Manutenção da Cerradinho Bio

21/10 – Otimização na Geração de Vapor & Caldeiras

– Alvimar Tavares, gerente de utilidades da Goiasa
– Eduardo Almeida, gerente Corporativo de Utilidades da BP Bunge Bioenergia
– Igor Henrique de Carvalho, Supervisor de Cogeracão de Energia da Cerradinho Bio
– Luis Novais, diretor da UTIS Tecnologia de Otimização da Combustão – Portugal

Como participar?

O evento será ao vivo e a inscrição é GRATUITA! E ainda leva certificado. Mas não se esqueça, só para que se inscreve no link: jornalcana.com.br/webinar

Patrocínio:
  • Dedini –  100 anos!
  • HB Saúde – Humanização e Tecnologia em Saúde
  • GDT by Pró-Usinas– Reduza os custos e o riscos na gestão de terceiros da sua usina! A Pró-Usinas traz com exclusividade o software GDT de Gestão de Documentação de Terceiros, completo, desenvolvido especificamente e aprovado em 3 grupos e usinas brasileiras.
  • Nalco Water – An Ecolab Company
  •  S-PAA Soteica – Software de RTO que maximiza a cogeração e a eficiência industrial, gerando ganhos superiores a R$ 1/tc em mais de 40 usinas instaladas. Saiba mais no site www.usina40.com.br
  • UTIS – Revolucionária Tecnologia de Otimização da Combustão, que proporciona incremento de até 30% na eficiência de caldeiras a biomassa.

Fonte:
Autor/Site:
Titulo Original: 8 usinas que aumentaram sua eficiência energética sem grandes investimentos
Link original: https://jornalcana.com.br/8-usinas-que-aumentaram-sua-eficiencia-energetica-sem-grandes-investimentos/
Todos os direitos pertencem aos seus devidos criadores.

About BrokersCorp

A equipe da Brokers Corp Brasil é composta por profissionais que trazem para você as últimas noticias do mundo dos negócios e muitas informações do nosso dia a dia, além de divulgar oportunidades e lançamentos de novas tecnologias. Siga-nos nas principais redes sociais e fique por dentro das últimas novidades do portal. Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito aos seus devidos criadores. Sejam todos bem vindos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Scroll To Top