Home / Açucar Exportação / Brasil agenda exportao de acar 170% maior no 1 bimestre de 2016/2017

Brasil agenda exportao de acar 170% maior no 1 bimestre de 2016/2017

O volume de acar agendado para exportao nos dois primeiros meses da safra 2016/2017 no Centro-Sul (abril e maio) indica que o Brasil ocupar espao da Tailndia e da ndia nas exportaes mundiais da commodity neste ano.

Consideradas as oito semanas, o volume semanal agendado foi, em mdia, 170% superior ao de igual perodo do ano passado, conforme dados da agncia martima Williams Brazil.

A mdia semanal de navios agendados para carregar acar foi de 35 embarcaes, acima das 32 de perodo similar de 2015. Essa fila refere-se aos navios j ancorados, aqueles que esto ao largo esperando atracao e tambm os que ainda vo chegar. Quanto ao volume da commodity, o agendamento variou de 506 mil para 1,36 milho de toneladas de um ano para o outro.

O presidente da consultoria Datagro, Plnio Nastari, diz que o mercado “est vido por acar de origem do Brasil” aps quebras de produo na Tailndia e na ndia. Segundo ele, chuvas em excesso, manuteno dos terminais e a prpria concorrncia com o escoamento da safra de gros tambm respondem por esse line-up maior. 

Com base em levantamento feito pela consultoria, ele destacou que h a expectativa de reao dos preos do acar VHP (bruto) para pronto embarque no mercado fsico. Atualmente, o VHP para pronta entrega tem sido negociado com descontos que variam de 15 a 20 pontos sobre a tela de julho na Bolsa de Nova York (ICE Futures US), entre 16,50 e 17,50 centavos de dlar por libra-peso nos ltimos preges. 

Tailndia

A produo de acar pela Tailndia deve cair 14% na safra 2015/16, para algo entre 9,5 milhes e 9,6 milhes de toneladas. De acordo com o secretrio-geral do Conselho de Acar e Cana do pas, Somsak Jantararoungtong, o clima quente e seco, resultado do El Nio, derrubou a produtividade das plantaes no segundo maior exportador mundial do alimento.

“Ns espervamos produzir mais acar, mas a seca afetou tanto a qualidade quanto a quantidade de cana”, afirmou o secretrio ao Wall Street Journal. Conforme ele, a expectativa inicial era de uma produtividade 3% maior, mas isso no se confirmou no momento da colheita, que por l vai de novembro a abril.

Como consequncia, participantes do mercado j apostam em ganhos ainda mais expressivos para o acar negociado na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). Alm da produo menor na Tailndia, o mercado tambm tem sido influenciado por chuvas em excesso no Centro-Sul do Brasil e pela perspectiva de uma colheita tambm menor na ndia.

Jantararoungtong acrescentou que, para o ciclo 2016/17, os prognsticos so mais positivos. Precipitaes recentes, embora insuficientes para ajudar a atual temporada, melhoraram as perspectivas para a prxima. Espera-se que o volume de cana disponvel para o ano que vem seja de 95 milhes de toneladas, acima das 80 milhes a 85 milhes de toneladas previstas inicialmente. 

Fonte:
Autor/Site:
Titulo Original: Brasil agenda exportao de acar 170% maior no 1 bimestre de 2016/2017
Link original: http://www.canalrural.com.br/noticias/agricultura/brasil-agenda-exportacao-acucar-170-maior-bimestre-2016-2017-62306
Todos os direitos pertencem aos seus devidos criadores.

About BrokersCorp

A equipe da Brokers Corp Brasil é composta por profissionais que trazem para você as últimas noticias do mundo dos negócios e muitas informações do nosso dia a dia, além de divulgar oportunidades e lançamentos de novas tecnologias. Siga-nos nas principais redes sociais e fique por dentro das últimas novidades do portal. Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito aos seus devidos criadores. Sejam todos bem vindos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Scroll To Top