Home / Açucar Exportação / Floripa News

Floripa News

Análise diaria mercado agricola milho soja açucar

Publicado em 13/10/2020
Editoria: AgroNews

MILHO – CORN

O relatório de acompanhamento mensal dos quadros de oferta e demanda dos Estados Unidos e mundial (WASDE), registram queda de 3,84 milhões de toneladas (MT) nos estoques finais mundiais. De acordo com a Consultoria TF Agroeconômica, esse foi um “grande indicador de alta dos preços no mercado internacional pelo menos pelos próximos 30 dias”.O reflexo imediato deste relatório foi a elevação de 8 cents/bushel nas cotações do milho em Chicago para o mês presente e de 7,50 a 2,75 para os meses mais distantes”, explicam os analistas.

         
  miho  
         
    B3 (Bolsa)    
  nov/20 71,87 1,44%  
  jan/21 71,7 1,69%  
  mar/21 70,8 1,00%  
  mai/21 66,19 0,88%  
  Última atualização: 18:46 (13/10)  
     

O quadro de Oferta e demanda do milho nacional, divulgado na última semana pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), sinaliza a continuidade da alta dos preços do milho no Brasil. “Houve redução de 760,2 mil toneladas dos estoques finais projetados para a safra, colocando-os como os segundos mais baixos dos últimos sete anos”, indicam a Consultoria TF Agroeconômica.

Os analistas da TF já vêm alertando há dois meses – desde que previram em agosto a possibilidade de alta para mais de R$ 70,00 dos preços (que estavam a R$ 60,00 na época) –, aumenta o aperto da disponibilidade de milho no Brasil. “Tanto para atender a forte demanda do setor de carnes, como para atender as demandas de exportação, diante do dólar que continua alto. Não é suficiente para atender o mercado, o que eleva os preços com a finalidade de garantir a captação do seu abastecimento no período”, explicam.

Ainda nesta terça-feira, o Cepea divulgou sua nota semanal apontando que, na sexta-feira, 9, o Indicador do milho ESALQ/BM&FBovespa (Campinas/SP) atingiu R$ 68,12/saca de 60 kg, com forte alta de 7,06% no acumulado da parcial de outubro. Segundo pesquisadores do Cepea, “a baixa disponibilidade doméstica, a posição firme de vendedores e a demanda aquecida nos portos sustentam o movimento de alta dos valores, que é observado em praticamente todas as praças levantadas pelo Cepea. Em alguns casos, cooperativas e consumidores cedem e pagam os preços maiores pedidos por vendedores para conseguir realizar novos negócios”.

INDICADOR DO MILHO ESALQ/BM&FBOVESPA (Mercado)  
  VALOR R$ VAR./DIA VAR./MÊS VALOR US$  
13/10/2020 69,09 1,42% 8,58% 12,4  
09/10/2020 68,12 0,84% 7,06% 12,31  
08/10/2020 67,55 0,43% 6,16% 12,09  
07/10/2020 67,26 2,72% 5,70% 11,97  
06/10/2020 65,48 0,18% 2,91% 11,69  

A terça-feira (13) chega ao final com os preços do milho subindo no mercado físico brasileiro. Em levantamento realizado pela equipe do Notícias Agrícolas, a única desvalorização foi percebida na praça de São Gabriel do Oeste/MS (1,64% e preço de R$ 60,00).

Já as valorizações apareceram em Londrina/PR (0,86% e preço de R$ 58,50), Cafelândia/PR (0,87% e preço de R$ 58,00), Porto Paranaguá/PR (1,49% e preço de R$ 68,00), Cândido Mota/SP (1,69% e preço de R$ 60,00), Palma Sola/SC e Dourados/MS (1,67% e preço de R$ 61,00), Oeste da Bahia (2,06% e preço de R$ 49,50), Brasília/DF (3,57% e preço de R$ 58,00) e Ponta Grossa/PR (5% e preço de R$ 63,00).

 

SUGAR – AÇUCAR

Os contratos futuros de açúcar bruto fecharam em baixa na ICE, com fundos especuladores liquidando algumas de suas posições compradas em várias commodities agrícolas e o dólar enfraquecendo.

O contrato março do açúcar bruto fechou em queda de 0,39 centavo de dólar, ou 2,7%, a 13,84 centavos de dólar por libra-peso, após subir para um pico de 7 meses e meio de 14,55 centavos no início da sessão.

           
INDICADOR DO AÇÚCAR CRISTAL ESALQ/BVMF – SANTOS
  VALOR R$ VAR./DIA VAR./MÊS VALOR US$  
13/10/2020 90,42 0,07% 2,15% 16,22  
09/10/2020 90,36 -0,39% 2,08% 16,33  
08/10/2020 90,71 0,52% 2,47% 16,23  
07/10/2020 90,24 0,10% 1,94% 16,07  
06/10/2020 90,15 1,07% 1,84% 16,1  
Nota: Reais por saca de 50 kg, com ICMS (7%) .      
  media R$ 90,38      
  valor saco $ 16,20      
  valor ton $ 323,93  porto santos – FAS – icmusa 130 – 180
                          com 7% icms  
           

Operadores disseram que os especuladores, que mantêm uma posição comprada em açúcar em patamar mais elevado de vários anos, liquidaram algumas dessas posições em reação à fraqueza do dólar.

Índia e Brasil continuam sendo o foco do mercado, afirmaram os operadores. No Brasil, a questão é se as chuvas atuais vão fornecer umidade suficiente para os canaviais se recuperarem após um período de seca extrema.

A Índia ainda não anunciou até que ponto vai subsidiar as exportações de açúcar, com rumores de que a decisão pode ser adiada até o início do próximo mês. Qualquer redução nas exportações indianas restringiria o abastecimento global.

O açúcar branco de dezembro caiu 2,30 dólares, ou 0,6%, a 382,60 dólares por tonelada.

 

SOYBEAN – SOJA 
 

Após perdas bastante intensas na sessão anterior, os futuros da soja voltaram a subir nesta terça-feira (13) e terminaram o dia com ganhos de mais de 10 pontos na Bolsa de Chicago. Os preços foram intensificando suas altas durante todo o dia, recuperando boa parte do recuo do último pregão, quando o mercado chegou a ceder mais de 30 pontos. Assim, o novembro/20 e o janeiro/21 voltam a superar os US$ 10,40 e parecem buscar os US$ 10,50 por bushel. 

“Hoje entenderam que a queda foi exagerada pelos fundamentos. E os bons embarques reportados nesta terça-feira também ajudaram o mercado a ganhar fôlego”, explica Steve Cachia, consultor de mercado da Cerealpar e da TradeHelp. 

SOJA – CME – CHICAGO  
CONTRATO US$/bu Variação (cts/US$) Variação (%)  
ovembro/20 10,44 10,25 0,99  
jan/21 10,47 10,25 0,99  
mar/21 10,3725 11,5 1,12  
mai/21 10,345 10,5 1,03  
Última atualização: 16:00 (13/10)    

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe seu novo boletim semanal de embarques com números fortes para a soja nesta terça-feira (13). O país embarcou 2,157,012 milhões de toneladas da oleaginosa, contra expectativas do mercado de 1,2 a 2,2 milhões de toneladas. Assim, em toda a temporada, os embarques americanos já somam 9,095,531 milhões de toneladas, enquanto na anterior eram pouco mais de 5 milhões. 

Além da demanda forte – a qual já é, diga-se de passagem, bastante conhecida pelo mercado – o movimento forte de altas também entre os óleos contribui para os ganhos da soja em grão, ainda como afirma Cachia. Nesta terça, os futuros do derivado chegaram a subir quase 0,5% entre as posições mais negociadas. O primeiro contrato – outubro/20 – subiu mais de 1%. 

  soja US$ 5,58  
         
  B3 (Bolsa)      
CONTRATO US$/sc R$/sc VAR  
nov/20 23,02 128,4516 -2,17%  
         
Última atualização: 18:45 (13/10)  

“O complexo de óleos está sendo liderado pelo óleo de palma, com uma produção menor e exportação maior na Malásia”, diz. “Toda a oferta está mais ajustada agora com a demanda maior”, completa o consultor. 

A demanda pela oleaginosa deve permanecer forte no maior importador de soja do mundo devido à rápida recuperação do rebanho de suínos local após a peste suína africana.

“Algumas cargas foram atrasadas antes e liberadas pela alfândega em setembro”, disse Xie Huilan, analista da consultoria agrícola Cofeed. “Os embarques ainda eram principalmente do Brasil.”

SOJA – PREMIO  
CONTRATO VALOR  
out/20 200  
nov/20 195  
fev/21 95  
mar/21 65  
Última atualização: 13/10/2020  

Processadores de soja vinham aumentando as importações de grãos brasileiros antes, com boas margens de esmagamento, e grandes volumes importados da oleaginosa nos últimos meses levaram os estoques na China a níveis recordes.

As exportações do Brasil aumentaram depois de março com a melhora do clima. Os embarques do país sul-americano têm diminuído, no entanto, à medida que a colheita se aproxima do fim.

Os estoques semanais nacionais de farelo de soja na China estavam em 994.500 toneladas em 11 de outubro, recuando depois de terem atingido recorde de 1,27 milhão de toneladas no final de agosto.

Os estoques de soja estavam em 7,12 milhões de toneladas em 11 de outubro.

A China, maior produtor mundial de porcos, tem trabalhado para aumentar a produção depois que os surtos de peste suína africana, descobertos pela primeira vez no país em agosto de 2018, dizimaram seu enorme rebanho.

As importações de soja nos primeiros nove meses de 2020 aumentaram 15,5% com relação ao ano anterior, para 74,53 milhões de toneladas.

As importações de óleos vegetais em setembro foram de 921 mil toneladas, queda de 5,6% em relação ao mês anterior.

O mercado internacional de óleo de soja fechou em alta na Índia e na China, mas em baixa na Europa, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “No porto chinês de Dallian a soja avançou para US$ 676,38 contra US$ 665,47 do dia anterior; o farelo de soja avançou para US$ 485,13, como os US$ 483,19 do dia anterior e o óleo de soja avançou para US$ 1.083,22 como os US$ 1.054,83 do dia anterior”, comenta. 

Na sexta-feira, “no porto chinês de Dallian a soja avançou para US$ 665,47 contra US$ 643,59 do dia anterior; o farelo de soja avançou para US$ 483,19, como os US$ 449,48 do dia anterior e o óleo de soja avançou para US$ 1.054,83 como os US$ 1.006,77 do dia anterior”, conclui. 

               
               
Preço soja referência (chicago ):$/MT 455,25   13/out    
               
Preço Brasil – esalq – Paranaguá: $/MT 471,12   13/out    
               
Preço Brasil – MI – Paranaguá: $/MT 462,96   13/out    
PREÇO REFERÊNCIA FAS PARANAGUÁ NET.  Preço Brasil MI = R$ 155 por saca    
               

A comercialização da safra de soja 2020/21 de Mato Grosso, cujo plantio está atrasado por falta de chuvas, avançou para 60,4% do total esperado até o final de setembro, aumento de 4,49 pontos percentuais ante o mês anterior, informou o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) nesta terça-feira.

Com preços e câmbio favoráveis, as vendas no principal Estado produtor do país superam com folga o percentual de negócios para a nova temporada geralmente realizado nesta época do ano, de 33,4% na média histórica, conforme dados do Imea.

Além disso, produtores estão adiantados em fechamentos de vendas para a safra futura, tanto de soja quanto de milho.

O instituto apontou avanço da comercialização da oleaginosa 2021/22 de Mato Grosso, que será plantada somente em setembro do ano que vem, para 6,21% da safra esperada, ante 3,58% no mês anterior.

Tais percentuais em antecipação de negócios são inéditos para esta época, uma vez que essas transações começam a ocorrer mais tarde– geralmente em dezembro para a soja, segundo a média dos últimos cinco anos. 

Os preços internos da soja em grão seguem em alta. No acumulado da parcial de outubro, o Indicador ESALQ/BM&F Paranaguá (PR) subiu 5,2%, a R$ 155,85/sc na sexta-feira, 9.

O Indicador CEPEA/ESALQ Paraná 5% no mesmo comparativo, a R$ 153,53/sc de 60 kg na sexta.

INDICADOR DA SOJA ESALQ/BM&FBOVESPA – PARANAGUÁ  
  VALOR R$ VAR./DIA VAR./MÊS VALOR US$ p
13/10/2020 157,73 1,21% 6,49% 28,3  
09/10/2020 155,85 -2,52% 5,22% 28,17  
08/10/2020 159,88 0,41% 7,94% 28,61  
07/10/2020 159,22 2,30% 7,49% 28,35  
06/10/2020 155,64 -0,24% 5,08% 27,79  
           

De acordo com pesquisadores do Cepea, os preços atrativos, a maior liquidez e o baixo risco do cultivo, especialmente quando comparado com outras concorrentes em área, devem elevar em 2,5% a área com soja na temporada 2020/21, conforme indica a primeira estimativa da Conab.

Esse crescimento está abaixo da taxa média dos últimos 15 anos (de 4,7% a.a.), mas em linha com a observada nos últimos cinco anos (de 2,7% a.a.).

Segundo a Conab, a área a ser semeada deve somar 37,88 milhões de hectares, resultando em produção de 133,67 milhões, 7,1% acima da safra anterior.

› FONTE: Floripa News (www.floripanews.com.br)

Fonte:
Autor/Site:
Titulo Original: Floripa News
Link original: http://www.floripanews.com.br/noticia/17975-analise-diaria-mercado-agricola-milho-soja-acucar
Todos os direitos pertencem aos seus devidos criadores.

About BrokersCorp

A equipe da Brokers Corp Brasil é composta por profissionais que trazem para você as últimas noticias do mundo dos negócios e muitas informações do nosso dia a dia, além de divulgar oportunidades e lançamentos de novas tecnologias. Siga-nos nas principais redes sociais e fique por dentro das últimas novidades do portal. Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito aos seus devidos criadores. Sejam todos bem vindos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Scroll To Top